sexta-feira, 30 de abril de 2010

Tô voltando, gente!

Nháaaaaa!

Meu blog tá meio abandonado... Sim, eu sei! Tanta coisa acontecendo na minha vida que nem está sobrando um tempo bacana pra me dedicar mais ao blog!

Mas... eu tô voltando! E com muitas coisas legais e interessantes!! Me aguardem, people!

Bjos,

Jackie.

sábado, 3 de abril de 2010

Vacina contra Influenza H1N1

Nháaaa!

Galera, aqui está um assunto mega importante: Gripe Suína. Como o meu blog também é informativo, achei super válido postar o calendário oficial de vacinação contra a Influenza H1N1. Veja:



Maiores informações: http://www.vacinacaoinfluenza.com.br/site/conteudo/index.asp
Para os esquecidos: você pode receber um lembrete da data de vacinação por e-mail! Basta se cadastrar no site! Bacana, né?

Fiquem atentos e boa vacinação! :-)

Bjos,

Jackie.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Renato Russo

Nháaaaaaa!

No último sábado, dia 27/03, Renato Russo teria completado 50 anos se ainda estivesse entre nós. Para quem não conhecece, Renato era cantor, poeta e líder de uma das maiores bandas do país: Legião Urbana - minha banda do coração. Já faz 7 anos que ele partiu e ainda é muito lembrado e idolatrado.

Em homenagem ao 50º aniversário, os fãs receberam alguns presentes:livro, filme e álbum.

Como Se Não Houvesse Amanhã, organizado por Henrique Rodrigues. O livro relata histórias em forma de contos inspirados em músicas da Legião, como Eduardo e Mônica e Tempo Perdido. Deve ter ficado bem bacana!



E também, um filme Somos Tão Jovens, que começa a ser rodado no meio do ano, contará a vida de Renato.

E para fechar as homenagens, nesta semana chega às lojas o álbum Duetos, que traz músicas conhecidas e inéditas, dividindo os vocais com cantores: Marisa Monte, Fernanda Takai, Caetano Veloso e outros.




Lendo isso, parece até que Renato acabou de gravar um CD com todos eles, Não é mesmo? Isso é o que a tecnologia musical pode nos oferecer hoje em dia: gravar duetos e/ou participações com cantores que não dividem o mesmo estúdio. Sim, normal e super prático. O cara pode está do outro do planeta e outro aqui no Rio. Aí sim, juntam-se suas vozes e tudo fica lindo e o CD vende pra caramba. Mas fazer esse tipo de duetos com um cantor morto? Não é estranho? Jogada de marketing? Produto para ser vendido para os fã órfãos? Será que Renato concordaria com isso? Deixo as perguntas no ar.... O que vocês me dizem, leitores queridos?

Um beijo,

Jackie.