quinta-feira, 20 de maio de 2010

Em ritmo de Copa




Nháaaaa!

Faltam apenas algunas dias para o início da Copa 2010 e a onda verde e amarelo já está tomando conta do país. Os kits, camisetas e acessórios já estão à venda e muita gente está se preparando para a Copa. Sem a intenção alguma fazer merhandising, mas sim de apenas estar na moda verde-e-amarela, indico alguns produtos-bem-cara-de-copa-do-mundo:

Colar Havaiano - R$1,00



Chinelo Havaianas - R$20,90


Cornetão - R$3,99


Cartola - R$5,60


Blusa Feminina Hering - R$24,90


Camisa Pólo Masculina Hering - R$59,90



Falando em Seleção... Muita gente não gostou muito (inclusive euzinha) dos jogadores que o técnico Dunga selecionou para a Copa. E outras pessoas acreditam muito nesse time... Enfim, se este time trouxer mesmo o Hexa, eu juro que vou respeitar mais o Dunga e achar que a marra dele serviu para alguma coisa... rs

Mas em época de Copa o que a gente vê por aí é o retorno do "Nacionalismo", do "Amor à Pátria" e todos se unem numa grande corrente... Bonito demais, né? Mas aí quando a Copa acaba, vai cada um volta para a sua vida, esquece-se o nacionalismo e adeus o amor à pátria. Fico me perguntando até onde vai o orgulho de ser brasileiro do povo... Boa sorte, seleção!!!



Beijos,

Jackie.

terça-feira, 18 de maio de 2010

Chico Xavier - O Filme

Nháaaa!

Assisti ao filme Chico Xavier - O Filme e só posso dizer uma coisa: linda história! Já li alguns livros sobre a vida Chico, mas vendo as cenas (muito bem feitas por sinal) me emocionei mesmo e dei muitas gargalhadas também.

O filme conta a vida de Chico em três fases: criança, jovem e os seus últimos anos de vida interpretado por Mateus Costa, Angelo Antônio e Nelson Xavier. Os três atores atuaram com perfeição, especialmente o Nelson, que ficou fisicamente muito parecido com o Chico, quase que uma "reencarnação".

As pessoas que apenas conhecem apenas Chico Xavier como o espírita, o religioso deveriam conferir o filme que conta a história de sua vida. Pode-se ver como ele era espirituoso e bondoso. Independente de qualquer religião, a história da vida de Chico nos mostra que deveríamos ser mais tolerantes, pacientes e cautelosos. Ele tinha amor ao próximo, realmente era especial e nasceu com uma missão muito bonita.

O filme ainda está sendo exibido nos cinemas e se você ainda não assistiu, eu digo: vale muito a pena. Não vá por causa de religião. Preconceito religioso não está com nada e deixa Vá para conhecer a história de Chico. Ele foi um homem muito especial e teve uma vida difícil e bonita.



Site oficial do filme: http://www.chicoxavierofilme.com.br

Beijos,

Jackie.